Ei você aí… Feliz Nova Década…

Você que está aí tomando conta dos servidores da WordPress, nessa noite que a maioria do pessoal largou no automático e foi para casa festejar a passagem de ano… Só deixaram você, pois alguém tem que fazer alguma coisa se uma pane ocorrer… Eu sei que você, por não ter muito o que fazer, a não ser dar uma espiada na tela de monitoramento do servidor principal, vai ficar dando uma espiada em tudo que postarem hoje… Quem é que estaria se preocupando em escrever algo em um dia como esse?! Só pode ser gente maluca, não é mesmo… Não ganham nada com isso… Mas… espera aí… o seu patrão também não está ganhando nada… Ou estará? Os caras postam de graça para uma organização que aparentemente também não ganha… Ah um ou outro que tem um patrocínio… Quem patrocina deve ser mais maluco ainda… Com tantos blogs, qual será o efeito da publicidade? Bom alguém ganha, caso contrário nada disso existiria e seu salário não seria pago…

Eu sei que você está me lendo pois é um camarada curioso que quis saber o que esse “bloguista” escreve em… Deixa ver… Você já descobriu? Isso… Em português… Você foi atraído pela foto que lembra a sua figura nesse momento de solidão e colocou tudo no tradutor do Google… Onde você gostaria de trabalhar… Não é verdade? Os caras vão para o trabalho para se divertirem e ganham bem, mais do que a WordPress paga, com certeza… Ela não fatura anúncios embutidos, pelo menos na mesma quantidade não… Como é que vai pagar mais? Aposto que lá tem uma festa de fim de ano cheio de gatinhas nerds e você aí sozinho no Data Center da WordPress… Não vá se masturbar que tem câmaras aí por tudo quanto é canto viu… De onde vem essa grana??? Ah o/a Craigs List, esse que vem matando os jornais com seus classificados gratuitos também começou assim… Faturam 50 milhões de dólares anuais com determinados anúncios de venda de casa e outros que não me recordo agora… O chefe deles foi até acusado de comunista, só porque se contentava com os “míseros” 50 milhões de dólares… Queriam que ele cobrasse por todos os anúncios, que não arrasasse com a concorrência… Se ele fosse de fato um idealista político teria que estar preocupado de ter acabado com uma imprensa genuinamente independente… sem o dinheiro dos classificados, os jornais ficam totalmente dependentes dos grandes anunciantes… e esses sempre tem na ponta da língua um “I’m not happy with you…” desses que embaixadores americanos dizem para os títeres do Terceiro Mundo e acabam impedindo que diversas verdades sejam reportadas… Sendo assim… Será que é ele que financia a WordPress? Afinal 50 milhas por ano daria para isso e muito mais… Um monte de gente podendo dizer o que bem entende. Quer atividade política mais eficaz, independente e libertadora? E você está aí sozinho, responsável por tudo isso por algumas gloriosas horas…

Mas você não está nem aí para isso? Continua triste, chateado e com pensamentos depressivos? Não há razões para comemorar nada? Você não vai fazer nenhuma diferença em festa alguma? Sua namorada ou esposa devem estar felizes que você tem um emprego valorizado… Todos estão sabendo como você é útil… Será o último a ser demitido, afinal quem é que eles confiam para deixar cuidando do sistema que vale milhões… Você é o otário, digo, ocara… Se eu fosse você, não me preocupava… Nesses dias de festa, a gravidade dos egos aumenta terrivelmente. Se tiver uma pessoa buraco negro por perto… então… Eu explico, todas as pessoas são genuinamente egoístas e isso não é uma acusação, isso tem que ser assim… o altruísmo é apenas o egoísmo dos espertos… Ninguém faz nada de graça sem ser obrigado ou de forma contrariada, quem faz é por que de alguma forma gosta de fazer e se gosta já está sendo pago… Como os servidores eletrônicos a sua frente tudo o que nós percebemos do mundo para processar com nossos pensamentos vem de fora para dentro, tato, som, luz… É como se tivéssemos uma gravidade planetária, atraímos espontaneamente todas as informações que nos chegam, nossas ações na verdade são decisões de nos movermos para pegar mais ou menos ondas eletromagnéticas de milhares de frequências diferentes. Ok, você aperta uns botões de vez em quando, eu sei… mas se você reparar é apenas com o intuito de regular o que virá até nós… Deixa pra lá… isso é papo de bêbado em dia de passagem de ano… ou melhor de década… Aliás… Espera aí… As pessoas buraco negro… Faltou explicar… São aquelas pessoas egoístas além do natural, tudo que se fala se refere a elas, tudo parece ser atraído para o ego delas, não é a toa que o indicativo principal de pessoas assim é se ofenderem facilmente… são todas “pavio curto”… Puxamos um assunto qualquer e quando menos esperamos, o raio do buraco negro, com sua hiper-gravidade que tudo atrai, está falando dela, são incapazes de falar em tese… sempre tudo é referente a elas… Em dia de passagem de ano, onde existe uma espécie de supertição que diz que devemos estar bem para entrarmos o ano com boas vibrações e coisa e tal, todos ficam centrados em si mesmos para seguir o script com perfeição, preparando um espírito vitorioso e feliz que será a marca do ano que entra… O egoísmo vai a seu paroxismo máximo, uma constelação de buracos negros feito zumbis enfeitiçados de olho no relógio…

Mas eu falava da década… Entramos em uma nova década e essa foi uma péssima década para a humanidade como um todo… Como que para inaugurar o malefício e as previsões negativas para as passagens desse milênio, Bush é alçado a presidência da potência que detém os gatilhos do planeta… Nessa década perdemos liberdade até dizer chega, a coisa é tão grave que até nos sentimos protegidos com câmaras que nos vigiam em toda parte. Nessa década descobrimos que estamos em uma canoa furada em um rio que desemboca em uma cachoeira de centenas de metros de altura… vá lá uma Foz do Iguaçu… Estamos entre torcer que a canoa afunde primeiro ou que não haja pedras onde a cachoeira cai… Nessa década trocamos de medos, medos piores… Os medos anteriores eram evitáveis com certeza, dependia da inteligência humana não apertarmos o botão nuclear, não depende agora de nós aguentarmos o calor da Terra que aquece… Sabíamos que o capitalismo era melhor que o comunismo, nessa década descobrimos que este não funciona, que é como um carro que consome uma gasolina que vai acabar, que sempre acaba… e as máquinas acabarão com todos os empregos que nunca quisemos ter na vida… Como lamentar a perda do que nunca quisemos para nós? O mundo se encheu de perguntas sem respostas, nossa civilização deixou de ser adolescente, desses que sabem e tem certeza de tudo.

Talvez por isso você tenha razão de estar querendo estar em algum lugar comemorando  essa passagem de ano e ceder a todas as supertições, afinal depois da tempestade vem a bonança, depois do yang vem o ying, depois do negativo vem o positivo… Sempre arranjamos uma esperança, qualquer… Quer saber meu amigo… deixa eu ir nessa… encher a cara mais ainda, feliz década pra você também e obrigado por estar aí permitindo que outro maluco leia o que acabo de escrever para ver se massageio meu ego que eu também não sou de ferro… Cumpramos a nossa parte… quero ver o Google traduzir isso… enfim…

Anúncios

Sobre João Canali

Jornalista brasileiro e norte-americano residente em Miami, produtor e apresentador do Seriado Teorias (You Tube).
Esse post foi publicado em Cultura Popular. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s